Como elaborar um bom plano de marketing

Seja qual for o tamanho do seu negócio, ter um plano de marketing ajuda a valorizar a sua empresa, auxiliando no controle de gastos e no registro de ações para aumentar o número de vendas.

Não precisa ser um documento extenso, mas é fundamental que se registre quais ações deram certo ou não. Alguns empreendedores têm feeling e bom senso para estruturar o seu próprio plano, no entanto, recomenda-se o acompanhamento de um especialista para a elaboração das estratégias.

Abaixo seguem os 5 passos para a elaboração de um bom plano de marketing:

1. Ambiente de marketing

A primeira coisa é avaliar quais são os fatores externos e internos que podem influenciar a sua empresa. Também é preciso analisar o segmento e o produto, observando quais são as capacidades do negócio.

2. Clientes

Nem sempre o público-alvo de sua empresa ou produto é o consumidor. Como exemplo temos as crianças como target para uma determinada marca de achocolatado, ainda que exista um número considerável de consumidores adultos. Por tanto, o plano de marketing deve ser voltado para o público alvo, além de entender como, porque e quando esse público utiliza o seu produto.

3. Concorrentes

É importante avaliar quem são os principais players do mercado e seus objetivos, analisando as estratégias empregadas e os diferenciais que almejam.

4. Estratégias e ações

Inicialmente é preciso estabelecer o objetivo do plano de marketing. Se o empreendedor deseja ampliar o número de vendas, faz-se necessário entender de onde vem o faturamento de suas vendas, analisando se é preciso incentivar a recorrência para gerar estoque ou se pretende buscar novos consumidores.

Com isso, avalia-se quais ações serão adotadas. Para os especialistas, criar interação em redes sociais, utilizar iscas digitais ou oferecer descontos no mês de aniversário do cliente são alguns exemplos.

5. Cronograma

Um bom plano de marketing não tem fim, pois será revisado, refeito e atualizado com dados, como número de vendas, faturamento, rentabilidade, entre outros. Mas é preciso ser monitorado e mensurado dentro da duração de cada ação, planilhando os dados e os recursos necessários, avaliando o que deu certo e buscando a potencialização dos resultados.

 

Clique aqui para conhecer as Vantagens das Redes Sociais para Empresas >>